Y-H-W-H - O Tetragrama Nome do Senhor

Y-H-W-H - O Tetragrama Nome do Senhor
Yhwh O Tetragrama São As Quatro Consoantes do Nome do Altíssimo Yahweh O Todo Poderoso

Lagoa da Prata

Assistência e Serviços

Ao Soar da Sétima Trombeta Virá O Rei Jesus Cristo

Ao Soar da Sétima Trombeta Virá O Rei Jesus Cristo
A Sétima & Ùltima Trombeta do Apocalípse de Jesus Cristo Nosso Eterno Senhor e Salvador

Todo Aquele Que Se Volta Para O Senhor É Justificado

Todo Aquele Que Se Volta Para O Senhor É Justificado
Jesus O Rei do Universo Infinito Yeshua Nosso Eterno Senhor e Salvador Jesus Cristo Amem...

Lagoa da Prata Tem Jeito Jesus Cristo

Lagoa da Prata 72 Anos

Lagoa da Prata * Pânico Na Internet

Biosev Planta Sete Mil Mudas em Área de Preservação Permanente na Região de Lagoa da Prata

A equipe agrícola da unidade de Lagoa da Prata da Biosev plantou sete mil mudas de árvores nativas da região entre os dias 22 e 23 de dezembro. A ação foi realizada em Áreas de Preservação Permanente (APP) da comunidade do Capoeirão e na Fazendas Bonifácio, ambos em Japaraíba, e contou com a parceria da Polícia de Meio Ambiente de Lagoa da Prata, Prefeitura de Japaraíba, além do prefeito de Japaraíba, Roberto de Emílio Lopes, e do padre Leonardo da Silva Campos. De acordo com Tânia Fernandes, superintendente da unidade de Lagoa da Prata da Biosev, o objetivo do plantio voluntário das sete mil mudas é contribuir com a recuperação das Micro Bacias do Alto São Francisco. “A área onde as mudas foram plantadas estavam degradadas e o plantio das árvores visa recuperar o solo e preservar lagoas do município de Japaraíba”, explica. No local, foram plantadas mudas de árvores nativa, como Angico do Serrado, Embaúba, Tambil, Aroeira do Sertão, Jatobá da Capoeira, Paineira Rosa e Cedro. A ação não vai parar no plantio. A equipe da Biosev irá acompanhar o desenvolvimento das mudas e vai fazer a manutenção necessária para o crescimento das árvores.
Sobre a Biosev
A Biosev é a segunda maior processadora de cana-de-açúcar do mundo, com 11 unidades em operação, estrategicamente organizadas em cinco polos agroindustriais: Ribeirão Preto, Mato Grosso do Sul, Nordeste e Leme e Lagoa da Prata. A empresa, do Grupo Louis Dreyfus, iniciou sua atuação na indústria de açúcar-etanol em 2000 com a aquisição de sua primeira unidade no Brasil. Atualmente tem capacidade de processamento de 36,4 milhões de toneladas/ano de cana- de-açúcar e 1.346 GWh/ano de energia elétrica renovável excedente, gerada a partir da utilização do bagaço de cana-de-açúcar e outras biomassas. Para armazenagem e movimentação de açúcar, a empresa possui uma joint venture no TEAG – Terminal de Exportação de Açúcar do Guarujá Ltda. Em 2013, a empresa ingressou no Novo Mercado da BM&FBovespa, segmento que adota os mais altos padrões de governança corporativa. www.biosev.com

Nenhum comentário: